A fauna da AES Tietê

A AES Tietê divulga a lista de espécies registradas no monitoramento realizado no entorno dos seus reservatórios.

Os dados de fauna foram coletados nos últimos três anos, contemplando anfíbios, répteis, aves e mamíferos de pequeno, médio e grande porte. O estudo de levantamento e monitoramento que proporcionou estas informações teve como objetivo inicial identificar a estrutura da comunidade de fauna presente nas regiões de atuação da companhia. Ao todo foram identificadas 637 espécies, muitas delas classificadas em alguma categoria de risco de extinção, endêmicas de bioma, sensíveis à perturbação e migratórias. O conjunto de espécies verificado indica a importância destas áreas para conservação da biota. As informações também subsidiaram dois projetos iniciados no final do 2018: “Lobos do Pardo” e “Pardas do Tietê”. Os nomes dos projetos fazem menção aos locais onde ocorrem, ou seja, reservatórios dos rios Pardo e Tietê, e as espécies objeto dos estudos; lobo-guará (Chrysocyon brachyurus) e onça-parda (Puma concolor). As propostas destes trabalhos seguem linhas semelhantes, utilizando carnívoros de topo de cadeia alimentar como ferramenta para conservação não só das espécies focais, mas também de outras espécies, além da melhoria das regiões onde se localizam os reservatórios.

Para acessar a lista de espécies registradas no entorno dos reservatórios entre no link abaixo.

Lista de espécies da fauna reservatórios AES

*Algumas das iniciativas mencionadas são medidas de compensação exigidas pelo licenciamento ambiental nas esferas federal e estadual.

Foto: Bugio-preto (Alouatta caraya), em risco de extinção no estado de São Paulo, imagem @CasadaFloresta.